Arquivo da categoria: Fan Art

FanArt #1

Olá, aqui é Thomas Magno e gostaria de mostrar nossa primeira FanArt!!! \o/

corvo FanArt_editadoSim, esse é um corvo (provavelmente o corvo do norte, de Memórias de um Nobre). Se você não leu essa história ainda, basta clicar em seu título que será levada a uma página com os links de todos os capítulos.

Quanto a essa arte, ela foi feita por Caio Paiva, e enviada no dia 5 deste mesmo mês, no entanto só pude postá-la agora. Gostaria de agradecê-lo muito pela homenagem e dizer que qualquer arte feita e enviada será avaliada e muito provavelmente postada (é necessário avaliar o conteúdo dela antes de postar). Essa que recebemos recentemente é relativamente bem feita e ficou bem bonitinha, o cara desenha bem e ainda parece ter dado um toque de luz e sombra no desenho. Sim, tem alguns riscos soltos que não foram apagados, mas acho que não são falhas, pois o visual com elas ficou bem estiloso (acho que esse era o objetivo). Enfim, ficou f*da!

 

Thomas Magno

FanArt – Capa de Memórias???

Hey, aqui é Thomas Magno, o Dungeon master que lhe escreve. Desta vez o post fala um pouquinho sobre uma imagem que recebi de um amigo.

Memórias de um nobre fanart1

 

Bem, nem sei dizer exatamente se é uma Fanart (pois só me mandaram a imagem, sem comentários), mas é notável que é uma arte com referência à nossa querida saga de Samoht (dããã…). E o que mais me chama atenção é esta negra pena… Quem sabe não seja a negra pena de um corvo? Este que bate a meus umbrais…

Enfim, não devo me perder no ar poético de outras obras. Só gostaria de agradecer ao Arthur Laio por tal imagem que descreve muito bem os ares formais, poéticos e escuros dados à saga Memórias de um Nobre. Ah, quase me esqueço… Havia sim um comentário junto a esta imagem, falava que era uma boa pra ser a capa do livro. Simplesmente genial a sugestão (provável que seja)!

Quanto aos interessados na saga e na história que lhes falo, há uma lista de capítulos logo abaixo na ordem de leitura: um, dois, três e zero (dane-se a ordem dos naturais, né? Mas a ordem deve ser esta mesma: Um, dois, três e Zero. Você vai compreender ao final da leitura)

OBS.: Pra quem não conhece o Arthur, ele é o dono do Casquinha Mista, deixo o link do blog dele aqui (pra quem curte uma comédia mais complexa): http://casquinhamista.wordpress.com/

Obrigado pela leitura e até a próxima! Por favor, dê uma chance a obra que lhe disse, Memórias de um Nobre traz textos profundos. poéticos e enigmáticos que valem muito a pena! 😀

Thomas Magno