Arquivo da categoria: Lendas de Sala de Aula

Trocadilho Guy #2

Olá, eis aqui agora mais uma lenda de piadas e trocadilhos memoráveis, porém infelizes.

1) O professor de matemática passa um exercício em que eu deveria encontrar 23/4 m³ para o volume de uma certa pirâmide. Logo eu terminei e disse ao professor:

-Poxa, nesse resultado dá pra hospedar muita gente hein?
– Como assim?
-Vinte e três quartos 😀
piramide
Depois de eu respondê-lo, ele fez uma cara de “é sério isso que eu ouvi?” e foi tomar água (provavelmente pra se acalmar e não me jogar da janela).

2) O professor de geografia física entra e sala e diz:

– Iremos dar início ao conteúdo sobre relevos.
-Mas, esse conteúdo é mesmo relevante, professor?

3) O professor de geografia está explicando sobre o uso de energia solar em outros locais, como em Israel. Eis que eu levanto o braço e pergunto:

– Mas o uso dessa fonte de energia tem aqui no Brasil também ou é “só lá”.

4) Novamente o professor de geografia (puts, parece que eu me inspiro nas aulas de geografia hein. Já é a terceira :P). O professor está falando sobre tornados, furacões e afins. Eis que eu viro pra ele e digo:

-Nossa, imagina uma grande cidade depois de uma catástrofe dessa. Eu nem imagino no que ela teria se “tornado”.

5) Agora, pra variar, essa aqui aconteceu numa aula de sociologia. O professor faz uma pequena fofoca sobre o professor de história após falar de positivismo. Alguns alunos ameaçam contar, e o professor diz:

– Não conte ao professor de história!

Então eu viro pra ele e digo – Mas Auguste “Comte”! – Essa nem era tão engraçada, mas eu tive que esperar alguns segundos pra ele se recompor e voltar a dar aula. Em outra aula desse professor  eu disse a  ele:

Antigamente eu achava que não valia a pena estudar Marx, “mais valia”!

karl-marx

6) Numa linda aula de química, o professor estava explicando o conteúdo e disse o seguinte:

-Na comida que você come, tem ferro, mas tem ferro iônico, não metálico… Se você comer ferro metálico, é tipo comer uma barra, daí ia dar problema pra entrar e pra sair a barra de ferro.

– Poxa, eu estaria “ferrado”, né?

7) Essa foi mais uma situação estranha do que uma piada. Acontece que um dia o professor de biologia estava explicando a matéria e citou um animal que se alimentava de ervas. Daí eu virei com uma cara de maloqueiro pra ele e perguntei:

-hmmmm…. erva, professor?
-Sim. Erva.
-Quero!

Eu nem achei muito engraçado, mas sempre tem alguém pra rir das minhas idiotices em sala de aula. Por isso eu ainda as faço ^_^

8) Essa nem foi na sala de aula, mas prometo fazê-la. Eu estava falando com um amigo e disse:

– Sabe, cara. Eu ia fazer uma piada sobre hidreto de sódio, mas… Nah, não é boa (NaH).

Essa aqui funciona mais quando é falada. Mas se vc ler várias vezes pronunciando tudo, vai fazer sentido. O problema de fazê-la escrita é que o “Nah” (Não) não se escreve do mesmo jeito que “NaH” (hidreto de sódio), daí quase ninguém associa. Enfim, pra não fechar de forma tão ruim, aí vem mais outra piada!

9) Um amigo meu diz que gostaria de evitar o atrito entre as pessoas em discussões. Eu o disse:

– Então manda a galera emagrecer

– Como assim?

– Quanto menor massa, menor a força peso, menor a força normal e menor o atrito 😀

– Ai meu Deus…

-Seja feliz agora, e divirta-se com a força de atrito (Fat), a força gordinha.

-PQP!!!

fat

Pois são com essas nove piadas que eu me despeço. Muito obrigado pela atenção e pela leitura! Se você tem alguma sugestão de piada, trocadilho ou zoeiras para esse ano, escreva aí. Eu tenho um ano inteiro pra contá-las e encher o saco das pessoas (embora esse não seja o meu objetivo).

OBS para pessoas maldosas da minha sala: Não há chance alguma de eu contar sobre a chave de boca por aqui xD. Eu juro que eu não quis dizer o que vocês entenderam! E para quem não é da minha sala e está lendo isso, é meio que um mal entendido e uma piada interna… Ignore.

Thomas Magno

Anúncios

O Trocadilho Guy!

Hey, estas são histórias que aconteceram em sala de aula, são bizarras e até que bem divertidas. Separei uma série de 8 piadas, trocadilhos e afins que aconteceram em sala pra postar aqui. A maioria deles envolve meus caros professores, que além de me ensinarem ainda aguentam essas pérolas aí.


O professor estava numa conversa filosófica com a turma, quando disse:
– Descartes já havia se atentado para esse problema.
Aí eu o perguntei:
– Mas ele não conseguiu resolver e “Descartou” o problema, né professor?


– Hoje vamos ter uma aula dupla, turma!
– Ah sim, uma aula sigma e outra pi, né?
Essa foi infame²! Mas até que o professor estava “ligado” que era só uma piadinha. Então não me colocou pra fora.


Numa aula de biologia, o professor disse:
– Agora vamos revisar o bioma de pradarias.
– Eu passei lá hoje de manhã, professor.
– Como assim?
– É que minha mãe mandou comprar pão.- Essa foi bem clichê, mas o melhor foi que ele ainda respondeu:
– É lá que você compra “prão”.

Caso alguém tenha boiado, pense bastante na palavra “pradaria”. Uma hora cai a fixa.


Essa foi numa aula de matemática do Prof. Henrique, enquanto ele resolvia uma questão cabeluda de inequação modular.
– Agora, você pega essa inequação modular e vamos por na tabela.
– Nossa… Mas que bonita essa questão!
– Por quê, jovem?
– Porque “tabela”!
Foi infame, mas foi bem (H)enriquecedora!


– Professora, como se fala “uma semana atrás” em inglês?
– A week ago- Ela respondeu.
Se você não entendeu comece a falar “a week ago” repetidamente… Uma hora você vai perceber que algo está MUITO errado!


OBS: Essa piada nem foi minha, mas vale a pena! Essa quem fez foi o próprio Prof. Henrique, de matemática.
– Agora que temos a função, chegou o momento pornográfico da aula!
-MASOQUÊ???
– É, nós vamos pegar a função e “por no gráfico”… O quê você pensou, jovem?
-Eeh… Nada… Nada mesmo…
Depois disso ele apontou um giz e desenhou o gráfico da função.


No final de um exercício de PG, encontrou-se a razão 2/3. Aí eu cheguei pro professor e disse:
– Nossa, com esse exercício deve dar pra rezar umas 106 Ave-Marias, hein… A resposta é “dois terços”!
-Eu só não te mando pro inferno porque tem meninas aqui na sala- Ele respondeu com ar de brincadeira (ainda bem, né?).


O professor de artes cênicas chegou na sala e passou a obra Antígona de Sófocles pra a gente ler.
-Ei, professor.
-Diga.
– Sabe essa obra aí… Eh… essa aí de Sófocles.
-Sim, que que tem?
-Ela foi feita a um tempão né? Digo, ela é mó antigona, né?

Bem, acho que foram só esses os momentos divertidos que consegui me lembrar… Quem sabe eu não mereça o apelido de “trocadilho guy”, dado a mim pelo Prof. Yuri (de literatura).

Por fim, uma imagem pra vocês refletirem nesse final de semana…
Reflexão regular
OBS: Se você é um desses professores e está lendo isso… Espero que não esteja decepcionado comigo.

Por hoje é só. Até o próximo post 😀

Thomas Magno