Arquivo da categoria: RPG-Jogadores

Aqui teremos dicas a jogadores :D

A Batalha final: Necromancers VS Dark Team VS Light Team

Olá, sou Thomas Magno, o Dungeon Master que lhe escreve. Já faz um tempinho que isso aconteceu, mas gostaria de falar da vez em que muitas tretas rolaram no jogo de RPG.

Ao longo da história o grupo de aventureiros da nossa campanha começou a se fragmentar e, consequentemente, se dividiu; já eu (Dungeon Master) só observava a discórdia deles enquanto planejava a  um final emocionante. Com a divisão, os grupos se tornaram antagônicos e inimigos, um deles possuía um suposto livro mágico que deveria ser destruído e o outro buscava tal livro para se fortalecerem. Como o próprio objetivo deles era antagônico, não havia outra saída se não um embate entre ambos.

Como um dos grupos estava em direção a um vulcão para queimar o livro, o outro grupo que queria resgatá-lo foi ao seu encontro. Daí se formou o campo de batalha, frente aos dobramentos vulcânicos. O grupo que estava em posse do livro tinha a participação de Caio (ranger), Erick (mago) e Ovroc (um espadachim NPC meio trevoso que eu criei para dar assistência); já o grupo que buscava apoderar-se do livro tinha a participação do Sebastião ( Death Knight) e Arthur (Lich). Como se não bastasse, um terceiro grupo apareceu, este era formado por dois NPCs, sendo eles dois nercomantes.
Começou então a batalha estre os três lados.
Dark-medieval-knightEnquanto um grupo tentava atacar seu respectivo inimigo era constantemente surpreendido pelo terceiro, e sempre que tentava atacar o terceiro, era surpreendido pelo inimigo. Assim era muito difícil atacar e se defender ao mesmo tempo, o que resultou na morte de muitos personagens. No final das contas, os dois necromantes do terceiro grupo morreram, junto com o Lich do Arthur. Então restaram o Sebstião (DK) contra o Erick (Mago), Ovroc e Caio (Ranger), mas o Caio estava longe e o Erick estava batendo de frete com o Sebastião à beira do vulcão… Bem, todos nós sabemos que um mago tem resistência muito pequena para tomar porrada de um DK e muito fraco para atacar de perto, mas o Erick já não pensava em sobreviver mais, apenas em jogar o livro na lava e cumprir seu objetivo. Eu tava esperando a seguinte cena acontecer à beira do vulcão:
this-is-sparta-o

Infelizmente não rolou e, para a sorte do Caio, o Ovroc chegou cumpriu os objetivos. Ele saltou e fez um ataque de área que feriu tanto o Erick quanto o Sebastião, fazendo-os cair no vulcão junto com o livro. No final das contas só o  Caio e o Ovroc sobreviveram para contar a história do objetivo que cumpriram.

Embora pareça uma batalha injusta (por questões numéricas), foi bem equilibrada pois os pontos de vida do Sebastião eram muitos e o Caio acabou o jogo quase morto. Apesar de tudo, todos os jogadores (inclusive os que tiveram os personagens mortos), gostaram muito da partida. Ao final, nós comemos pizza para comemorar o fim da campanha que já se estendia por mais de 12 horas (distribuídas em 2 dias). Foi simplesmente épico!

Muito obrigado a todos os leitores a aos meus players, Caio, Erick, Sebastião e Arthur.

Thomas Magno

Anúncios

Guia do Jogador

Olá eu sou Thomas Magno, o mestre que lhe escreve este fucking post!

Pois bem, para a alegria de todos, hoje começa o guia do jogador 😀

Formando o grupo

Inicialmente, se você quer jogar RPG de mesa você deve procurar um daqueles nerds da sua escola e chama-lo para conversar. Depois diga que está interessado em jogar com ele, e então ele juntará mais alguns outros nerds para formar o grupo. No entanto, caso VOCÊ seja o nerd da história, basta chamar os seus amigos e ir jogar (se é que você tem algum amigo).

OBS: Caso não tenha amigos, arrume sua vida social e depois pense em RPG.

Depois de formar o grupo, combine o lugar do jogo, a hora e o sistema. Geralmente é bom jogar em um espaço amplo e com uma mesa grande para todos se sentarem. Como você quer ser um bom jogador, leia e estude as regras do sistema antes do dia do jogo, desta forma você já chegará sabendo mais ou menos o que você vai ser e o que pretende fazer no jogo. Ler as regras também previne você de fazer burrices durante o jogo (coisa bem comum pra incitantes). Quando chegar o dia, crie seu personagem e prepare-se.

nerd_meme-530x256-lol1

Em Jogo

Dica I: Assim que tudo estiver pronto e você estiver em mesa, tente sempre arrancar uma descrição do mestre, quanto mais você souber, melhor para a sobrevivência de seu personagem. A orientação espacial do seu personagem é de extrema importância, pergunte sempre o que pode ser visto a sua volta caso a descrição do mestre não tenha sido clara, além disso, presente atenção nos NPCs que são postos em jogo… Lembre-se que há aqueles que nunca perdem a chance de enganar jogadores como você, isso foi mostrado no post Os jogadores não sabem de nada inocentes.


Dica II:
Caso ocorra uma batalha difícil logo no início do jogo, não lute sozinho! Fique sempre ao lado do seu grupo, querer bancar o herói pode acabar em caixão e vela preta para o seu personagem.


Treasure Chest Full of GoldDica III:
Garanta seu loot (ganho de itens). Às vezes fico incomodado com jogadores que, depois de uma batalha, nem sequer se lembram de verificar o cadáver do inimigo à procura de ouro, armas, tesouros e riquezas… Por isso faça a verificação a procura de tais recompensas, talvez você possa se dar bem. Entretanto se você tiver encontrado o corpo já morto ou um tesouro desprotegido, fique esperto! Se há um cadáver, alguém pode tê-lo matado, e esse alguém pode fazer o mesmo com você. Já no caso do tesouro desprotegido, não precisa ser um gênio pra desconfiar de armadilhas, né?

Dica IV: Se seu personagem for praticar algum crime, faça direito! Nem todos os locais tratam criminosos com prisão ou multa em dinheiro, a pena pode ser muito mais brutal. Novamente, isso pode acabar em caixão e vela preta.

Dica V: Se você tirar um valor baixo no dado, não peça para rolá-lo novamente! Isso enche o saco do mestre, e com o tempo ele pode ter desejo de matar seu personagem pra te deixar mais esperto.

dado

Por hoje é só galerinha. Se vocês gostaram do conteúdo divulguem nosso trabalho, deem um gostei no blog e na nossa page no facebook (https://www.facebook.com/ourageofadventure).

Cordialmente, Thomas Magno.

 

 

Para Mestres Químicos!!!

professor-de-QuimicaSe você é mestre e é apaixonado por química, somos dois! sou Thomas Magno, o mestre que lhe escreve este  post!

Pois bem, um belo dia decidi nomear poções misteriosas com o nome que, em minha opinião, de fato mereciam. Um exemplo foi deixar de utilizar “veneno corrosivo” ou coisas do tipo para utilizar ácidos fortes, como ácido sulfúrico (H2SO4), ácido clorídrico (HCl) e outros. Para compostos com aparência de pequenos cristais pode-se utilizar bases ou sais, lembrando que há sais de caráter ácido, neutro e alcalino.

 

“Mas, como infernos isso seria útil numa partida de RPG???”250px-PotionofMinorHealing Como? Não é lógico? A partir do momento q você possui ácidos e bases, você pode brincar de fazer reações de neutralização (aí depois é só chamar de alquimia e diz q transformou 2 compostos em um terceiro por magia!). Pois bem, contar-lhe-ei um exemplo.

O grupo andava por uma escura caverna, Sebastião (o então paladino do grupo) encontrou pequenos fragmentos sólidos em uma caixa vedada. Ele me pediu uma descrição e logo lhe disse que era um item de coloração branca e teor alcalino. Após Erick (mago e alquimista) analisar o composto ele chegou a conclusão que era hidróxido de potássio (KOH). O grupo não ligou muito e continuou andando. Tempos se passaram e eles se depararam com uma sala onde encontraram uma criatura enorme e poderosa, uma coruja gigante, que era aliás, o espírito da sabedoria.

Tal espírito, descontente com eles tentou lhes matar agitando suas asas e tentando provocar o colapso da caverna. Para a sorte do grupo eles conseguiram se esconder em uma outra sala, mas ficaram presos lá… O pior ainda estava por vir, logo lhes contei que a sala estava se saturando de dióxido de carbono (CO2), por causa da respiração deles. CO2 é um óxido de teor ácido que, se inalado, provoca alterações no PH do sangue e leva à morte. Os jogadores logo tentaram encontrar uma saída onde eles estavam (e iriam encontrar, o problema era o tempo que eles tinham… Não podiam ficar respirando dióxido de carbono daquela forma, eles iam morrer!). Para nooooooossa alegria!!! a alegria dos jogadores, Caio (ranger nessa aventura) tem a grande sacada e grita “abre a caixa de KOH!”, nos últimos minutos de vida. No final das contas, com a adição de hidróxido de potássio ao meio, neutralizou-se a acidez do dióxido de carbono e eles tiveram mais tempo de vida, que os possibilitou encontrar uma  passagem escondida.

Eu sei que esses conceitos químicos nem de longe existiam na era medieval, mas foi muito divertido e nem teve tanto ar de off topic. Na minha visão teve mais benefício (por conta da tensão e elevação intelectual dos players no meio do jogo) do que prejuízos (pela não existência de tais conceitos na época). Se mesmo assim encherem o saco, diga que os alquimistas fizeram, no universo do jogo, um estudo aprofundado à respeito e que esses conhecimentos já estavam disponíveis em um célebre livro de alquimia 😀 .

OBS: Para poções com efeitos mais “exóticos”, como recuperar vida e mana, diga apenas que é uma mistura muito rica em compostos orgânicos e dotada de poderes sobrenaturais.

Cordialmente, Thomas Magno (Mestre do jogo).